atendimento digital Informação tecnologia

O Opt-In e o WhatsApp

Tão datado quanto recorrente, se tornou desnecessário afirmar que vivemos em um mundo cada vez mais globalizado, assim como o universo digital é tão amplo quanto as incontáveis galáxias da nossa realidade análoga… ok, analogias a parte (TUM-PA-TSS!), vamos ao que interessa!

Muitas são as expressões usadas no mundo corporativo, e se tratando de marketing, tecnologia e cia, as abordagens técnicas e idiomáticas são infinitas. Entre tantas essas que têm se repetido cada vez mais, hoje abordaremos especificamente o Opt-In:

Para exemplificar o Opt-In, vamos começar pela comunicação que deu origem e popularizou a expressão: entre as tarefas do dia-a-dia, ao abrirmos nossos e-mails temos que lidar com uma certa quantidade de mensagens não solicitadas… já faz parte da rotina: antes de irmos ao nosso propósito, termos que dedicar um tempo triando mensagens indesejáveis com uma certa cautela, para não acabarmos nos perdendo e deletando coisas indevidas. É nessa prática onde muitas empresas e marcas acabam se “queimando”, pois ao associarmos tais mensagens abusivas à imagem dessas, certamente a reputação ficará arranhada. Nesses casos os envios podem ter sido feitos de maneira comercialmente desordenada (caótica!) ou até de maneira bem intencionada mas mal elaborada, e nos moldes das velhas estratégias de Outbound Marketing.

Trocando em miúdos, Opt-In significa uma requisição proativa de uma pessoa em ter seu contato cadastrado em uma lista específica. O termo Opt-In é comumente utilizado no Inbound Marketing pelos profissionais de marketing digital, quando esses solicitam a permissão do cliente para enviar determinado conteúdo e tipo de mensagem, fazendo dessa uma abordagem mais direcionada, eficaz e ética. Também conhecido como marketing de permissão, através do Opt-In os clientes em potencial autorizam o recebimento de conteúdos como publicidade, boletins informativos, ofertas e assim por diante.

A tecnologia avança muito rápido, e hoje em dia, diversas formas de comunicação tomaram espaço na preferência das pessoas. Sejam essas práticas para uso pessoal ou profissional, a realidade é que nosso velho conhecido e-mail – exemplo tomado para ilustrar as práticas acima – esteja sendo preterido, perdendo espaço para outras ferramentas que possibilitam muito mais agilidade e assertividade. O WhatsApp é a bola da vez! O aplicativo rompeu os limites de sua função primordial de transmissão e recepção de mensagens, figurando no papel de rede social e segue em evidência e nos smartphones espalhados ao redor do mundo, e lá estão todos os contatos: o seu, sua família, amigos, colegas, colaboradores, colegas, provavelmente do seu chefe e por aí vai… todo o seu networking está lá, além das empresas que você admira, compra ou deseja comprar, segue, etc. É a onde o Opt-In continua firme e forte!

Um breve resumo das vantagens do Opt-In:

  • Criar uma base de cadastros de maneira fácil e rápida; ✓✓
  • Adaptar o conteúdo promocional aos interesses do assinante; ✓✓
  • Aumentar a taxa de abertura das mensagens; ✓✓
  • Otimizar a Pipeline, ou seja: simplificar o acompanhamento da jornada de compra; ✓✓
  • CRM Assertivo, ou seja: uma base de cadastros de melhor qualidade; ✓✓
  • Oportunidade para interação imediata com o cliente; ✓✓
  • Melhor performance nas taxas de retorno e conversão; ✓✓
  • Desempenho com baixa taxa de cancelamento de inscrição – justamente o contrário de Opt-In, o Opt-Out significa uma requisição proativa de um usuário pela remoção do seu contato de uma lista específica. ✓✓

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: